Música, risos e palmas: o início prometedor do projeto vencedor de Orçamento Participativo

10/11/2023
A Sociedade Recreativa e Desportiva de Casal das Eiras acolheu a 1ª sessão
A Sociedade Recreativa e Desportiva de Casal das Eiras acolheu a 1ª sessão

Espectadores de Casal das Eiras não ficaram indiferentes às atuações da Associação Musical de Cabanas de Torres e do Grupo de Teatro do Centro de Convívio do Soupo

A primeira de 11 sessões do Orçamento Participativo vencedor de 2017, "Música e Património no Concelho de Alenquer", decorreu com alegria, boa disposição e de forma interativa numa tarde para recordar na sede da Sociedade Recreativa e Desportiva de Casal das Eiras, em Santana da Carnota, no passado domingo, 5 de novembro. As atuações, musical e teatral, respetivamente, ficaram a cargo da Associação Musical de Cabanas de Torres e do Grupo de Teatro do Centro de Convívio do Soupo, que deram também outra cor aos parabéns à sociedade que aproveitou o momento para celebrar, com bolo de aniversário, os 47 anos de associativismo, cumpridos a 25 de outubro.

A plateia repleta empolgou-se com as peças tocadas superiormente por gente do concelho e não conteve as gargalhadas com as atuações teatrais que foram 'intervalando' a música, com qualidade de monta. A missão é repercutir nas outras freguesias do território alenquerense este dia cultural variado.

No final, o balanço só poderia ser positivo. "Fomos vencedores de uma proposta de orçamento participativo e o nosso objetivo é levar um pouco da cultura e do que fazemos aos quatro cantos do concelho e vamos tentar focar-nos onde a música não chega", explicou Ricardo Silva, em nome da Associação Musical de Cabanas de Torres, agradecendo a oportunidade concedida, mas também deixando várias felicitações a todas as entidades envolvidas. Francisco Silva, do Centro de Convívio do Soupo, pediu uma salva de palmas para o grupo musical e evidenciou o que está em causa. "Queremos levar a cultura a todo lado. Quero levá-la a sítios onde sabemos que pode não haver. Somos pequeninos mas tentamos crescer", frisou.

O vereador da Câmara Municipal de Alenquer, Paulo Franco, foi um espectador orgulhoso do espetáculo que o próprio acompanhou desde a génese. “Este [orçamento participativo] é um projeto da Câmara, que teve de ser interrompido, mas queremos retomá-lo. Estamos aqui porque um grupo de pessoas apresentou esta ideia. Esteve em avaliação, foi submetida a votação e foram as pessoas que escolheram. Para um político, um vereador ou para um presidente de junta de freguesia, não há mais nada com que se possa satisfazer do que fazer aquilo que as pessoas querem que seja feito", aferiu, com contentamento, o autarca com o pelouro da Cidadania e Gestão dos Programas Comunitários e Nacionais..

Exatamente ao lado do espaço onde atuaram os dois grupos culturais, está a nascer o "Encontro de Gerações", proposta mais votada referente ao Orçamento Participativo de 2015, algo que Paulo Franco fez questão de relevar. "Dois parques infantis foram alcançados pelos munícipes nesta freguesia, tal como a reabilitação da escola de Santana da Carnota e ainda um percurso pedestre. Hoje iniciamos mais um projeto. Aqui ao lado, em 2024, o 'Encontro de Gerações' vai estar concluído. Também aqui, o Espaço Multiusos também está a iniciar-se. Em 2024 também será concluído", assumiu. 

 

Atualizado a 10 novembro, 2023
Voltar ao topo
© 2024 | Todos os direitos reservados Autarquia 360